Menu

Jovem no Campo: Alunos visitam empresa de laticínios em Ponte Nova

Os alunos do programa Jovem no Campo sobre Bovinocultura de Leite, desenvolvido pelo Senar Minas em Guaraciaba tiveram a oportunidade de conhecer uma empresa de laticínios em Ponte Nova. De acordo com o instrutor Francisco Assis Lima, que acompanhou a turma, o objetivo da visita foi mostrar aos jovens como o negócio funciona além da porteira e a importância de seguir o que foi ensinado no decorrer do programa, que aborda empreendedorismo, manejo do rebanho, controle sanitário e qualidade do leite.

 

O grupo foi guiado pelo médico veterinário da empresa, que explicou sobre o funcionamento de cada setor. Os alunos conheceram um pouco mais sobre o processo de recepção, classificação do leite, industrialização, embalagem e transporte para o comércio, além das condutas pessoais e profissionais no ambiente de trabalho.

 

"Assim que chegamos, eles foram convidados a se identificar através de documentos, receberam crachás e um manual de comportamento no pátio e nos departamentos da empresa. Também foi importante para que eles percebessem a necessidade da qualificação da mão de obra, verificando na indústria o quanto é necessário aplicar as técnicas que ensinamos”, explicou o instrutor.

 

No local, o grupo presenciou a chegada e lavagem das carretas com o leite, a pesagem, a coleta do leite por compartimento para análise e a descarga mecanizada. Todos conheceram o laboratório de crioscopia, a análise para detectar presença ou não de antibióticos e o procedimento para que o leite fosse classificado e embalado pelo processo UHT.

 

Em Guaraciaba, o Jovem no Campo está sendo realizado em parceria com o Sindicato de Produtores Rurais de Ponta Nova.

 

Construindo o futuro

 

O objetivo do programa, que é dividido em módulos, é oferecer ao jovem a visão empreendedora do agronegócio e contribuir para a inserção dele no mercado de trabalho, além de estimular a sucessão familiar. A capacitação os permite conhecer habilidades e competências necessárias para que possam crescer profissionalmente, podendo substituir os pais ou responsáveis mais à frente. “É o Senar trabalhando no presente para o futuro”, destacou o instrutor. 

 

Ao longo do programa, os alunos demonstraram estar de olho no futuro e acreditam que o Jovem no Campo é uma forma de seguir firme nessa caminhada. “É uma chance única. É o futuro da gente e é muito bom ter essa ajuda”, destacou a estudante Paloma Souza, de 21 anos, de Guaraciaba.

 

O pai dela já trabalhou com gado e plantação e foi para a cidade, mas a jovem pensa em assumir um negócio no campo. “Pretendo cursar Zootecnia e trabalhar com alimentação e nutrição de animais. O programa, inclusive, ajuda a abrir a nossa mente para ver se é isso mesmo que a gente quer. E ainda dá para debater e argumentar com outros produtores com as informações que aprendemos, dá para compartilhar”, contou.

 

Já Kennedy Rezende de Carvalho, de 22 anos, foi atrás de mais conhecimento sobre a área. Ele participa do programa Balde Cheio e já observou importantes resultados. Da mesma forma, espera que o Jovem no Campo o ajude a melhorar ainda mais o negócio. Na propriedade moram o ele, a mãe de 52 e o pai de 50. Todos ajudam e dão conta do trabalho, que agora ganhou mais controle.

 

“Já fizemos muitas mudanças. Uma delas é passar a anotar tudo. Assim vejo o que está sobrando, o que está dando prejuízo, onde posso investir. Isso ajuda demais. O retorno do leite é difícil, mas com o incentivo do Senar, tenho mais o que aprender. Hoje em dia tudo vai evoluindo, tem que acompanhar, não pode ficar parado”, enfatizou.

 

 

 

    

Nathalie Guimarães
Assessora de Comunicação - Regional Viçosa
Tel: 55 31 3891.3138 • Cel: 55 31 98626.2402
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. • www.sistemafaemg.org.br
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural

 

Leia mais ...

Comissão pró-revitalização do Ribeirão Vau Açu se reúne para traçar estratégias

Em 13 de novembro, a Comissão pró-revitalização do Ribeirão Vau Açu reuniu-se na Câmara de Ponte Nova com o objetivo de traçar estratégias para a campanha de mobilização a favor do Ribeirão que, devido à estiagem, o lixo, o entulho e o esgoto lançado diretamente no seu curso d’água, tem sido motivo constante de reclamações e debates na Câmara.

O geógrafo Jaime Santos fez uma explanação da Bacia Hidrográfica do Ribeirão Vau Açu que é a maior genuinamente de Ponte Nova e apontou fatores, além do lixo e do entulho até mesmo da Fábrica de Papel, que contribuem para a degradação do mesmo como a suinocultura, cafeicultura, plantio de eucalipto e de cana-de-açúcar.

Chegou-se à conclusão de que a campanha receberá o nome “Ribeirão Vivo” e que uma cartilha deverá ser elaborada com o intuito de informar e conscientizar os moradores da Bacia Hidrográfica do Ribeirão Vau Açu. Outras reuniões serão agendadas para a continuação dos debates e busca de soluções.

Participaram da reunião, as moradoras do entorno do ribeirão, Lada Baião e Nair Pires Maciel, os vereadores Leo Moreira (PSB), Montanha (PMDB), Antônio Carlos Pracatá (PSD), Sérgio Ferrugem (PRB), Aninha de Fizica (PSB), André Pessata (PSC), Chico Fanica (REDE), Jose Osório (PT do B), Machadinho (PT do B) e Fiota (PEN), o presidente do Instituto Tempo é Vida (ITEV), Rafael Esteban, o assessor de comunicação da Câmara de Ponte Nova, Ronaldo Fernandes e a publicitária Jaqueline Machado.

 

 

   
 

Cecília Braga

Assistente de Comunicacão

 

Fone: (31) 3819-3267

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

www.pontenova.mg.leg.br

 

Av. Dr. Cristiano de Freitas Castro, 74
Chácara Vasconcelos - CEP 35.430-037
Ponte Nova - Minas Gerais

Leia mais ...

Prefeitura realiza reunião sobre projeto de revitalização do Hotel Glória

Com o objetivo de dar retorno sobre os projetos elaborados para o Hotel Glória e dar andamento no processo de revitalização do local, na tarde da última quinta-feira (16), representantes da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e da empresa Horizontes Arquitetura e Urbanismo se reuniram, pela segunda vez, com o Conselho Municipal de Patrimônio Cultural e Material e com a equipe da Prefeitura.


Na oportunidade, a empresa Horizontes Arquitetura e Urbanismo, responsável pelo projeto executivo da reforma do Hotel, trouxe propostas para serem analisadas e aprovadas pelo Conselho.

Essa interação entre a empresa e a Codemig com o município e com o conselho é muito importante para que os responsáveis pela revitalização do espaço entendam a realidade de Ponte Nova e executem as obras de uma forma melhor e mais personalizada.

Durante a reunião a empresa pediu agilidade, por parte do município, na questão de acessibilidade, com as melhorias no entorno do Hotel Glória. Para cumprir essa solicitação, na manhã desta sexta-feira (17) a equipe de arquitetos e engenheiros da Prefeitura foi até o local para reavaliar e fazer um estudo de campo da situação do espaço.

Vale ressaltar que as obras no entorno do Hotel Glória serão de responsabilidade da Prefeitura Municipal. A verba para realizar esse trabalho é proveniente do Ministério das Cidades.

A revitalização do Hotel Glória faz parte do Programa Codemig de Apoio ao Cinema (Cineminas) e o objetivo principal dessa iniciativa é implantar complexos de exibição de filmes, criando e reformando salas de cinema em todo o Estado. O projeto para o hotel conta com a participação do Serviço Social do Comércio (Sesc), que inserirá no local um centro com cinema, teatro, aulas de música, pintura, dança, entre outras atividades culturais.

 

 

Departamento Municipal de Publicidade
Prefeitura de Ponte Nova
(31) 3819-5454 - ramal 243
www.pontenova.mg.gov.br / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Leia mais ...

Mostra de Profissões em Santa Cruz do Escalvado

Esse evento é destinado aos jovens que pretendem ingressar no ensino superior sendo o objetivo esclarecer sobre os cursos de graduação baseados no conhecimento do perfil profissional de cada área de formação.

Os estudantes terão a oportunidade de se informar sobre as políticas de inclusão e permanência da instituição, tais como: bolsas para estudantes, residência universitária dentre outros programas de assistência estudantil.

O evento contou com as presenças de alunos da rede municipal e estadual de Santa Cruz do Escalvado, a realização da secretaria municipal de educação.

Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Escalvado - MG

Ascom - Wesley Moreira

Leia mais ...

Em Santa Cruz do Escalvado realizados exames de Risco Cirúrgico.

O risco cirúrgico é uma forma de avaliação do estado clínico e condições de saúde da pessoa que irá passar por uma cirurgia, de forma que sejam identificados riscos de complicações ao longo de todo o período antes, durante e após a cirurgia.

Ele é calculado através da avaliação clínica do médico e a solicitação de alguns exames, mas, para facilitar, também existem alguns protocolos que orientam melhor o raciocínio médico, como o ASA, Lee e ACP, por exemplo.

Qualquer médico pode fazer esta avaliação, mas, geralmente, é feita pelo clínico geral, cardiologista ou anestesista. Desta forma, é possível que sejam tomados alguns cuidados particulares para cada pessoa antes do procedimento, como a solicitação de exames mais apropriados ou realização de tratamentos para diminuir o risco, relatou o Dr.Thiago Siqueira, médico do Hospital Arnaldo Gavazza. 

Riscos Baixos: segundo o médico Dr.Thiago Siqueira.

Procedimentos endoscópicos, como endoscopia, colonoscopia;

Cirurgias superficiais, como de pele, mama, olhos.

A secretaria de Saúde de Santa Cruz do Escalvado Maria Helena Lana disse que todas as 31 consultas realizados no dia 09/11 são para cirurgia de cataratas,para isso é necessário o exames de risco cirúrgico onde todos terão oportunidade de saber se estão aptos a cirurgia.

Já a prefeita Sônia Untaler se diz muito satisfeita com a saúde no nosso município, as pessoas merecem sempre estarem sendo avaliadas e com saúde, porque os menos favorecidos são os mais prejudicadas,enquanto governo faço questão de não medir esforços para zerar as demandas no município.

" Saúde o seu Maior Patrimônio"

Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Escalvado - MG

Adm - 2017/2020

Ascom - Wesley Moreira

Leia mais ...

Reunião na AMAPI abre portas para possível adesão ao SISBI

Na tarde de quarta-feira (8/11), diretoria da AMAPI e do CIMVALPI recebeu, na sede da Associação, em Ponte Nova, o Secretário Estadual Adjunto de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Amarildo José Brumano Kalil, acompanhado do Superintendente de Apoio à Agroindústria, Gilson Sales. Participaram da reunião, prefeitos consorciados, secretários municipais e produtores da região. Compôs a mesa, no início da solenidade, além dos convidados citados, o presidente do CIMVALPI, José Antônio Delgado/Prefeito de Oratórios, o presidente da AMAPI, Gustavo Castros de Andrade/Prefeito de Guaraciaba, o secretário executivo da AMAPI e do CIMVALPI, José Adalberto de Rezende e o secretário do Território do Caparaó, Gilson José de Oliveira.

O foco da reunião foi apresentar o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA), que faz parte do Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária (SUASA), padroniza e harmoniza os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal para garantir a inocuidade e segurança alimentar. Atualmente, todos os municípios possuem o Serviço de Inspeção Municipal/SIM que garante, apenas, a venda de produtos de origem animal dentro da cidade sede. A adesão via Consórcio, do SISBI será um importante passo no fomento à produção e ao comércio dos produtos.

“Será um marco para a nossa região, caso decida-se pela adesão ao SISBI. Inclusive, o Consórcio já conta com um profissional para cuidar, exclusivamente, desta questão”, destacou José Adalberto. José Agostinho, contratado recentemente, é o coordenador regional do Consórcio, que irá atuar nesta área, juntamente com os municípios que optem pela adesão. “O selo e o rótulo, do SIM e do SISBI, garantem a origem e a qualidade dos produtos e serviços de origem animal”, destacou o coordenador.

Gilson Sales, da Superintendência, explicou passo a passo como a adesão ao SISBI será benéfica para todos, começando pelos produtores. “O serviço de inspeção pode ser um dos serviços oferecidos pelo Consórcio. Entre os benefícios estará a facilidade na captação de recursos, melhoria na gestão e autonomia na produção”, reforçou Gilson Sales. O Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA), que faz parte do Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária (SUASA), padroniza e harmoniza os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal para garantir a inocuidade e segurança alimentar.

Clarissa Guimarães

 Assessora de Comunicação da AMAPI

e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

www.amapi-mg.org.br

(31) 3881.3408

Leia mais ...

Vereador Montanha pede ao Demutran que intensifique fiscalização nas vagas de estacionamento reservadas aos deficientes

Estacionamento proibido nas vagas de pessoas deficientes foi um dos assuntos abordados pelo vereador Montanha (PMDB) na Palavra Livre da reunião de 6 de novembro. Ele solicitou ao Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) que intensifique a fiscalização, pois alguns motoristas têm ignorado a sinalização e, com isso, as pessoas com mobilidade reduzida estão sendo prejudicadas. “É no sentido de rebocar e multar mesmo, pois é uma falta de respeito. Há um número de vagas para deficientes e os ‘abusados’ ainda param nas vagas”, salientou Montanha.

Quanto ao lixo, o vereador juntou-se a Aninha de Fizica (PSB) e Sérgio Ferrugem (PRB) na questão da conscientização da população e o descarte correto. “Não adianta apenas a Prefeitura fazer a parte dela, as pessoas têm que ter educação e descartar o lixo na hora certa”, ressaltou o vereador.

 

 

   
 

Cecília Braga

Assistente de Comunicacão

 

Fone: (31) 3819-3267

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

www.pontenova.mg.leg.br

 

Av. Dr. Cristiano de Freitas Castro, 74
Chácara Vasconcelos - CEP 35.430-037
Ponte Nova - Minas Gerais

Leia mais ...

Vereador Montanha pede ao Demutran que intensifique fiscalização nas vagas de estacionamento reservadas aos deficientes

Estacionamento proibido nas vagas de pessoas deficientes foi um dos assuntos abordados pelo vereador Montanha (PMDB) na Palavra Livre da reunião de 6 de novembro. Ele solicitou ao Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) que intensifique a fiscalização, pois alguns motoristas têm ignorado a sinalização e, com isso, as pessoas com mobilidade reduzida estão sendo prejudicadas. “É no sentido de rebocar e multar mesmo, pois é uma falta de respeito. Há um número de vagas para deficientes e os ‘abusados’ ainda param nas vagas”, salientou Montanha.

Quanto ao lixo, o vereador juntou-se a Aninha de Fizica (PSB) e Sérgio Ferrugem (PRB) na questão da conscientização da população e o descarte correto. “Não adianta apenas a Prefeitura fazer a parte dela, as pessoas têm que ter educação e descartar o lixo na hora certa”, ressaltou o vereador.

 

 

   
 

Cecília Braga

Assistente de Comunicacão

 

Fone: (31) 3819-3267

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

www.pontenova.mg.leg.br

 

Av. Dr. Cristiano de Freitas Castro, 74
Chácara Vasconcelos - CEP 35.430-037
Ponte Nova - Minas Gerais

Leia mais ...

Cidadão alerta para dupla função de motorista e segurança na Carreta da Alegria

O transporte coletivo e a Carreta da Alegria que, constantemente circula pelas ruas de Ponte Nova, foram abordados pelo cidadão José Benício Maia na Tribuna Livre de 9 de novembro. Ele comentou a dupla função do motorista que, em algumas linhas, tem feito o papel do cobrador e alertou para os problemas decorrentes da situação.

Os motoristas dirigem, recebem passagens em dinheiro ou bilhetes eletrônicos, liberam a roleta e precisam estar atentos ao retrovisor nas paradas durante o desembarque de passageiros. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) proíbe cobrar a passagem com o veículo em movimento como forma de segurança. Por isso, torna-se comum, a fila de pessoas que tentam embarcar, principalmente, nos horários de pico, o que tem atrasado as viagens.

Com relação à Carreta da Alegria, José Benício reclamou da poluição sonora, principalmente, próxima aos Hospitais, ao Asilo Municipal, às Igrejas e Escolas; apontou a falta de segurança no transporte das crianças e cobrou providências do município.

Os vereadores comentaram os questionamentos do cidadão, destacaram as várias indicações feitas à empresa de ônibus para que efetive melhorias no atendimento e o número crescente de reclamações referentes aos horários, itinerários e, até mesmo, a falta do transporte coletivo nos finais de semana e feriados e o sucateamento da frota. Também salientaram a constante cobrança para fiscalização da Carreta da Alegria.

O presidente da Mesa Diretora, Leo Moreira (PSB), juntamente com os vereadores José Osório (PT do B), Machadinho (PT do B), Montanha (PMDB) e Chico Fanica (REDE) irão apresentar um Projeto de Lei (PL) para instituição de um Conselho Municipal de Serviços de Transporte Público. “Isto é amparado pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica Municipal. Juntamente com a Comissão Tarifária, que é formada somente para avaliação em época de aumento, o Conselho teria a função de acompanhar a prestação dos serviços e buscar melhorias”, explicou Leo.

Meio ambiente

O presidente do Instituto Tempo é Vida (ITEV), Rafael Esteban Armas, também participou da Tribuna Livre de 9 de novembro para falar sobre o meio ambiente. Ele comentou sobre o tratamento do chorume feito na cidade de Cariacica, no Espírito Santo (ES), e disse que a tecnologia tem ajudando um aterro sanitário a transformar o líquido que resulta da decomposição de lixo em água limpa. Sendo esta uma possibilidade também para o tratamento do lixo em Ponte Nova.

O presidente do ITEV sugeriu a inclusão da disciplina “Educação Ambiental” no currículo escolar do município e ressaltou que a responsabilidade com o meio ambiente não é apenas do Poder Público, mas de toda a população.

Após a manifestação de Esteban, os vereadores destacaram a preocupação com o tema e os diversos questionamentos já feitos ao Executivo e entidades ligadas ao meio ambiente. A vereadora Aninha de Fizica (PSB), integrante da Comissão de Defesa do Meio Ambiente, explicou os trabalhos que têm sido feitos nos últimos 11 meses pelos vereadores e, principalmente, pela Comissão e lamentou a não inclusão de Ponte Nova na lista de arrecadação do ICMS Ecológico.

A vereadora também solicitou a enumeração das ações do ITEV no município relacionadas ao meio ambiente ao longo dos últimos anos. O áudio completo da reunião de 9 de novembro está disponível no portal pontenova.mg.leg.br

 

 

   
 

Cecília Braga

Assistente de Comunicacão

 

Fone: (31) 3819-3267

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

www.pontenova.mg.leg.br

 

Av. Dr. Cristiano de Freitas Castro, 74
Chácara Vasconcelos - CEP 35.430-037
Ponte Nova - Minas Gerais

Leia mais ...

Semam cria projeto para eliminar lixeiras viciadas na cidade

A equipe técnica da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) deu inicio, no dia 25 de outubro, a um projeto para eliminar as chamadas “lixeiras viciadas” no município, que são locais de descarte irregular de lixo. Isso se tornou um problema em Ponte Nova, uma vez que possui diversos pontos desse tipo no município. O projeto busca alternativas pontuais para inibir esse tipo de atitude de descartar resíduos em lugares proibidos. 

Trevo do anel rodoviário que dá acesso ao bairro Pacheco antes da limpeza

A primeira lixeira viciada eliminada pela Semam foi a localizada no trevo do anel rodoviário, que dá acesso ao bairro Pacheco. A equipe técnica realizou a limpeza da área total e como forma de extinguir a reincidência do acúmulo de lixo, mais de 30 mudas nativas de árvores foram plantadas no local.

 Mesmo trevo, depois da limpeza

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente reforça que é crime, previsto na Lei Complementar Municipal N° 3.027/2007, jogar lixo em locais públicos. Além de provocar a poluição visual na cidade, esse tipo de atitude pode causar a contaminação do solo, interferir no curso d’água e proliferação de endemias. A Semam pede, ainda, a contribuição e apoio da populaçã o para que o descarte irregular do lixo deixe de ser um problema em Ponte Nova.

 

Departamento Municipal de Publicidade
Prefeitura de Ponte Nova
(31) 3819-5454 - ramal 243
www.pontenova.mg.gov.br / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Notícias Regionais

Brasil e Mundo

Ponte Nova

Colunistas

  • Esqueceu sua senha?
  • Esqueceu seu usuário?