Menu

Vereador Sérgio Ferrugem pede conscientização sobre depósito de lixo em locais proibidos Destaque

Vereador Sérgio Ferrugem pede conscientização sobre depósito de lixo em locais proibidos

Mesmo com a proibição de se jogar lixo em alguns pontos do município, algumas pessoas ignoram a ordem e fazem do local um verdadeiro lixão. Foi o que mostrou o vereador Sérgio Ferrugem (PRB) na reunião de 6 de novembro. Por meio de fotos, observou-se o descarte irregular de restos de materiais de construção e até mesmo de um colchão. Ferrugem cobrou uma fiscalização mais efetiva do Executivo e mais conscientização da população.

O vereador sugeriu ao Executivo que estude a possibilidade de permitir à população que possa levar entulhos, móveis e outros equipamentos para o lixão. “Atualmente, a pessoa não pode jogar no lixão porque não é permitido”, disse Ferrugem, ressaltando que outros vereadores já fizeram este pedido.

“O DMAES publica quando vai faltar água, a Cemig publica quando vai faltar energia. Então, quando não tiver a coleta no final de semana, que se divulgue”, salientou o vereador, apontando que, com isso, o lixo permanece no local por vários dias.

Campinho da Mina

Com a chuva de domingo (5), o córrego do Campinho da Mina do bairro de Fátima transbordou e inundou diversas residências. O vereador Sérgio Ferrugem explicou que, além do entulho e do lixo que são jogados no mesmo, um monte de terra inviabiliza o escoamento da água e contribuiu para o alagamento de parte da rua. Os moradores cobram constantemente a limpeza do córrego e obras no Campinho da Mina.

Na reunião de 6 de novembro, o presidente da Mesa Diretora, Leo Moreira (PSB) leu ofício do Ministério da Integração Nacional em que comunica, conforme cumprimento ao art. 1º da Lei nº 9.452/1997, a liberação de recursos ao município de Ponte Nova no valor de R$591.674,05, referente à emenda parlamentar do deputado federal Marcelo Álvaro (PR) .

Leo sugeriu a Ferrugem que solicite formalmente ao Executivo pedido de informações sobre quando serão iniciadas as obras, já que houve o pagamento à Prefeitura.

 

voltar ao topo

Notícias Regionais

Brasil e Mundo

Ponte Nova

Colunistas

  • Esqueceu sua senha?
  • Esqueceu seu usuário?