Menu

Vereador Hermano questiona destino da UPA de Ponte Nova Destaque

Vereador Hermano questiona destino da UPA de Ponte Nova

O vereador Hermano (PT) comentou na Palavra Livre da reunião de 27 de novembro, a recente reunião do prefeito Wagner Mol (PSB), em Brasília, com o ministro da Saúde, Ricardo Barros; o ministro do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardys e o presidente do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde, Mauro Junqueira. Na ocasião, foi discutida a inviabilidade de manter em funcionamento as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) no Brasil.

“A de Ponte Nova está com a obra parada desde o final de 2016. Os dois ministros informam que a solução seria que os municípios dessem outra finalidade ao imóvel, desde que a mesma beneficie a saúde pública”, disse Hermano, tendo como base, reportagem da Folha de Ponte Nova. 

Hermano ainda destacou que é preciso haver mobilização dos prefeitos da região para discutir a questão e não simplesmente aceitar a imposição do Governo Federal. “É uma vergonha para os ministros sugerirem isto (outra finalidade para as UPAs) aos municípios. Falar que tem que ser destinado o que já está construído e outros com funcionamento precário, tem que saber o motivo. Enquanto isso, o governo vai aumentado gasolina, gás de cozinha (...). Ele deveria reverter isso para a população”, salientou o vereador.

Reforma Trabalhista

Aos trabalhadores que fazem a jornada 12x36, o vereador Hermano alertou para mudanças devido à Lei nº 13.467/2017 (Reforma Trabalhista). Antes, quando se trabalhava nos feriados recebia-se dobrado. Agora, com a Lei, passa ser facultada às partes mediante acordo individual escrito, convenção coletiva ou acordo coletivo de trabalho. “Será que o empregador vai querer pagar, de fato, este horário dobrado?”, questionou o vereador.

Além disso, o trabalhador que tiver este tipo de contrato e não conseguir receber, no final do mês, o equivalente a um salário mínimo, terá de fazer uma contribuição adicional ao INSS para garantir a condição de segurado. Se esse complemento não for pago, ele não terá direito aos benefícios da Previdência.

Educação

Hermano ainda comentou encontro na Escola Estadual Senador Antônio Martins, no último dia 22, com o objetivo de discutir com os alunos sobre a perspectiva de vida. O vereador considera a iniciativa importante e se colocou à disposição para divulgar o projeto.

 

 

   
 

Cecília Braga

Assistente de Comunicacão

 

Fone: (31) 3819-3267

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

www.pontenova.mg.leg.br

 

Av. Dr. Cristiano de Freitas Castro, 74
Chácara Vasconcelos - CEP 35.430-037
Ponte Nova - Minas Gerais

voltar ao topo

Notícias Regionais

Brasil e Mundo

Ponte Nova

Colunistas

  • Esqueceu sua senha?
  • Esqueceu seu usuário?